domingo, 15 de novembro de 2015

VIAGEM DE PASSO FUNDO A LA RIOJA E VILLA CARLOS PAZ - ARGENTINA

14.11.15
Passo Fundo a Obera . AR

Saímos de Passo Fundo as 7 , 45 encontramos com os parceiros Rui e Andiara em Carazinho.
Pegamos bastante trânsito de caminhões no trecho até Santa Rosa,  onde nos esperava o Sergio membro do Moto grupo para o almoço.
Fomos até a residencia dele , a recepção calorosa da famila foi tudo de bom...
A Salete fez um excelente almoço,  hehehe já começamos a comer mais do que devemos.
Obrigada amigos pelo carinho.
Após saímos para Puerto Mauá mas antes ainda passamos para dar um abraço no casal também membros do Motogrupo Delmar e Marlene.
Chegando no terminal da balsa que faz a travessia para a Argentina fizemos os trâmites para isso.
Chegamos na Argentina e deveríamos rodar cerca de 50 km mas nosso Garmin nos levou pelo caminho mais longo rodamos um pouco mais que o dobro, kkkk mas como cremos que nada é por acaso levamos de boa a volta maior.
Ficamos para pernoite em Oberá em um ótimo hotel.
Hotel Cassino Oberá muito bom.
Amanhã seguiremos até Corrientes.







Casa do Sérgio em Santa Rosa após um belo almoço oferecido pelo casal



Balça entre Brasil e Argentina em Porto Maua 




A noite em Oberá.

16 11 2015

Em Corrientes conhecemos  irmãos motociclistas.
Xavier e Anahy nos receberam em sua casa com um belo assado.
Conhecemos mais 5 motociclistas brasileiros que estavam indo para San Pedro de Atacama.
Foi muito bom conhece los e compartilhar uma cerveja.
Passeamos um pouco pela Av. Costaneira que tem um movimento incrível .
Na saída de Corrientes com chuva não abastecemos as motos pegamos a estrada para Presidência Roque Saenz Peña e  cade posto de combustível.
Fomos rodando e bateu reserva e nada de estación de servicio, paramos para buscar informações no GPS do Rui porque nosso Garmin estava fora de combate.
Pedimos informação a um motlociclista na estrada.
Andamos uns poucos kms e conseguimos abastecer.
Apos passar Saenz Peña paramos em outro posto para esperar passar uma tormenta elétrica.
De longe um belo espetáculo da natureza mas juro que não tenho nenhuma curiosidade de estarem uma.
Os raios caem  em cascata .
Depois disso seguimos para Santiago del Esteros uma cidade bem maior onde pernoitamos.
Viagem tranquila por uma região com vegetação bastante bonita
 Muitas flores amarelas para colorir a ruta...



                                          Plantações de Girasol- Muito comuns na Argentina.
Nossos adesivos em Estacion de Servicios






17-11-2015

Saimos de Santiago del Esteros para La Rioja.
A viagem foi longa e bem cansativa pois fazia muito calor.
Chegamos ao hotel e veio a decepção , no site mostram fotos de um lugar bonito bem apresentável,  não é tanto .
Eu não recomendo porque é publicado uma coisa e apresentado outra.
Aposentos ruins mal cuidados, pessimo café da manhã e o custo alto.
De bom só a localização mesmo.
Mas tudo bem iríamos ficar 2 dias,  fomos embora no dia seguinte.
A noite encontramos com o motociclista do Brasil Riders Antonio Nicholás Santangelo para jantar e receber algumas dicas sobre a região.





Praça em Corrientes.
















Na Praça de Corrientes.


















Vista da Ponte



Nossa Anfitriã Anahy em Corrientes.


Jantar na residência de Xavier e Anahy em Corrientes.



18 -11-2015

Saímos rumo ao Parque Talampaya .
Fazia um dia lindo pegamos  a ruta e rodamos com  uma brisa perfeita.
Chegamos ao parque proximo do meio dia.
 Compramos ingressos,  guardamos nossos pertences em um armário cedido pelo pessoal da recepção sem custo algum.
Fizemos um lanche e logo saimos para o tour pelo parque.
Foi uma surpresa maravilhosa, o lugar é lindo e muito grande, eu sinceramente não esperava tanto.
Tem sítios arqueologicos com descobertas de desenhos rupestres e sinais de civilizações milenares.
Segundo informações da guia foram encontrados até corpos preservados  que foram removidos para o museu da Universidade de La Rioja.
Existem paredões de aproximados 150 metros de altura dentro do cannion.
Realmente valeu muito o tour .
De volta ao  complexo agora com um calor de trinta e poucos graus não foi fácil vestir as jaquetas, luvas e capacetes para seguir adiante.
Mas faz parte, e continuo a afirmar só viaja de moto quem gosta muito!
Fomos pernoitar em uma cidade em cima da cordilheira chamada Chilecito.
A subida foi incrível não sabíamos que teriamos de subir tanto.
Mas foi muito lindo chegamos a 2040 metros acima.
E vou contar as rutas na Argentina estão muito boas, com muitas obras em andamento quisera eu ver nosso pobre estado do Rio Grande com a metade
de obras que vi até agora.
Chegamos a Chilecito já ao fim do dia e bota procurar hotel a cidade é pequena mas com muito turismo.
Depois de alguma procura em vão me foi indicado o centro de  informações turísticas da cidade já saimos com a reserva direto para um complexo de cabanas muito bom.
Recomendo a quem  for para lá Cabañas La Martina.
Lindas, limpas  bem organizadas e um atendimento nota 10 pelo proprietário.









Formas geométricas e semelhantes a seres humanos esculpidos pelas chuvas e ventos ao longo de milhares de anos.

Pedra onde eram moídos os alimentos ....
Dupla de Condores sobre voando o Parque...

Uma Mãe Ynhandúe seus 3 filhotes....
Esta árvore agora está sendo preservada, mas já foi muito usada para a fabricação de casas e móveis....

                                          Trabalho das chuvas e ventos....



Desenhos Rupestres.... 
Tudo isto é Patrimônio da Humanidade, o Parque Talampaya foi tombado pela UNESCO.












O Monge



19-11-2015
Saímos as 8, 30hs de Chilezito e confesso que se não tivéssemos reservas em Villa Carlos Paz teriamos ficado por mais dias para conbecer os arredores, quem sabe voltaremos outra vez.
Saimos com um dia lindo, brisa fresca bom para andar sobre duas rodas .
Rodamos alguns km  admirandoa bela paisagem de um lado da estrada extensas plantações de olivas e do ojtro parreiras de repente comecamos a pegar vento que cadavezfoi ficando mais forte e com rajadas de areia, confesso  mesmo sabendo que meu piloto é braço tive medo, pois parecia que a moto ia fugir debaixo da bunda.....
O vento era tão forte e a cada momento vinha de um lado, graças a Papai do Ceu chegamos a um posto de combustível em Patquìa onde nos abrigamos  por 3 horas até acalmar.
Segundo o site windiguru eram ventos de mais ou menos 68/70 km.
Mas tudo bem, durante a estadia no posto encontramos um casal de argentinos Daniel e Claudia que também estavam aguardando o vento se acalmar para seguir viagem.
Chegamos a Villa Carlos Paz de tardinha, fomos direto para o hotel descansar um pouco da aventura da dia.
A noite fomos fazer a primera refeição decente daquele dia.
No hotel nos indicaram um restaurante onde servem carnes, massas e pescados muito bom  chamado Pueblo Mio.
De volta ao hotel agora é dormir para amanhã sim, sair e conhecer a cidade.











 20.11.2015 - Carlos Paz

Villa Carlos Paz não me surpreendeu em nada.
Esperava bem mais pelo que as pessoas comentavam.
É uma cidade limpa bonitinha, porém comum.
Para ser uma cidade semelhante a Gramado no Rio grande do Sul como algumas pessoas comentaram ela vai ter que evoluir muito na minha opinião!
Por ser considerada uma cidade turística  não tem nem casa de câmbio!
Talvez por já ter conhecido outras cidades na Argentina que me agradaram muito mais  eu esteja ficando um tanto exigente, pode ser!
Mas valeu  pelos passeios nas cidades próximas, pelos parceiros de viajem que são insuperáveis em tudo.
Uma das coisas que sempre me chama atenção nos Países que passamos são o cuidado com as praças e parques das cidades, estes sempre merecem meu comentário , pois são espaços bem cuidados, arborizados , floridos e muito muito aproveitados pela população.




                                          Prefeitura de Villa Carlos Paz


                                          Caça usado na Guerra das Malvinas exposto na praça de Carlos Paz

                                          Daniel e Claudia, casal que conhecemos nos posto de gasolina enquanto esperávamos a ventania passar.
                                           Biguá se secando ao sol
                                          Funil- muito interessante, isto é o  ladrão da Represa que fornece água para a cidade.
Acho que deve ser muito bonito de ver quando está escoando o excesso da represa!


21.11.2015 - Alta Gracia e Villa Gal. Belgrano

                                        Duende - tem muitos destes bonecos por todas as lojas da cidade de Villa Gal. Belgrano.

                                          Estas embarcações ficam atracadas as margens da represa e seus ocupantes saem para pescar com elas; segundo me informaram são barcos casa.
                                           Vista da Represa - voltando de Alta Gracia e Villa Gal. Belgrano as margens da estrada.




                                          Centro de comercio em Villa Gal. Belgrano
Moto 'la poderosa" exposta no Museu Chê Guevara em Alta Gracia



22.11.2015 -

Vista das montanhas indo  conhecer  Mina Clavero

                                          Ao fundo a cidade de Mina Clavero





23.11.2015 - Cosquin - Córdoba



 Cosquin cidade onde acontece o mais importante Festival de Folclore da Argentina.
                                           Atahualpa Yupanqui e Mercedes Sosa ; Esculturas em tamanho original dão as boas vindas aos visitantes.
A cidade de Cosquin esta situada a 62 km de Córdoba, no Valle de Punilla aos pés do Cerro Supaj Ñuñu a 1260m sobre nível do mar.
Onde durante 9 dias de janeiro acontece o maior Festival com características próprias que definem a personalidade, a autenticidade e a expressão artística do Folclore Argentino.
Fica a dica para quem gosta de festivais e folclore, é uma bela oportunidade de conhecer e passar bons momentos.


                                            Yo y La Negra
                                           Com Don Atahualpa Yupanqui


 Igreja Matriz de Córdoba.
Desta cidade vi muito pouco, me deixou com gosto de quero muito mais, pretendo voltar e ficar alguns dias para realmente conhecer.


                                          El Gal San Martín  saludando su Bandera...
                                           Igreja dos Capuchinhos em Córdoba, muito linda!




 Recepção do hotel em Villa Carlos Paz, o proprietário é um apaixonado por Ferrari.
Tudo na entrada é feito com peças de carro, incluindo as luminárias muito bonito.
Bastante beleza e capricho na recepção mas os demais aposentos deixam a desejar!


]
24.11.2015 - Mina Clavero


Uma cidade que não tem muita beleza ,  só o caminho que leva a ela é bem interessante pois vai circundando as montanhas e oferece belos visuais.


Meu Lindo Piloto e sua Máquina Poderosa....
                                         Tempo fechando, parecia que íamos ter uma tempestade mas foi só neblina bem fechada e fria na descida das montanhas...


                                    
                                          Uma escultura interessante; Homem montando um burro, mas não sei o significado disso as margens da estrada que leva a Mina Claveiro.


25.11.2015 - Santa Fé


Ultimo pernoite na Argentina.
Um belo  Hotel construído dentro do Porto , com uma Marina povoada de Lindas e luxuosas Embarcações.
Ao fundo a cidade iluminada.



Depois de Santa Fé seguimos até Termas de Dayman no Uy.
Rodamos alguns kms e fomos abastecer na saída do posto havia lama e a moto derrapou, compramos um terreninho na Argentina e ganhei uma costelinha trincada, nada grave só um pouco de dor.
Mas aguentei legal até chegar em Passo Fundo quatro dias depois para ir ao médico.
Agora é começar a planejar a próxima viagem ...
E agradecer ao Papai do Céu que nos permitiu mais esta experiência.
Ao meu Piloto por me levar e compartilhar os sonhos e aventuras, e aos parceiros de sempre Rui e Andiara Dipp  que espero ainda fazer muitas outras viagens juntos...
 E que venha a Próxima.......................